Mulher galesa de 96 anos, fala galês pela primeira seu idoma

Mulher galesa de 96 anos, fala galês pela primeira seu idoma

Uma idosa galesa que agora vive nos Estados Unidos falou galês pela primeira vez em 40 anos, depois de um apelo nas redes sociais.

Ray McDermott, 96 anos, natural de Carmarthenshire, mas que mora nos EUA há 70 anos, estava preocupado com o fato de nunca mais falar isso.

Mas Ray, de Ohio, agora conseguiu se conectar com os nativos de galês depois que seu filho, Keith, pediu ajuda online.

“Isso realmente trouxe lágrimas aos meus olhos”, disse ela.

Ray passou a infância em Llandeilo, em Carmarthenshire, Haverfordwest em Pembrokeshire e Aberystwyth em Ceredigion. Antes de se casar com um soldado americano, Jim McDermott, quando ela tinha 18 anos e depois partiu para uma nova vida nos EUA.

A mãe de dois filhos não fala galês desde que sua mãe morreu há quase quatro décadas e recentemente disse a seu filho: “Acho que nunca vou ter a chance de falar galês novamente”.

Keith, 70 anos, que mora em Nova York, disse que estava desesperado para ajudar sua mãe a falar sua língua materna quando ela começou a sofrer perda de memória a curto prazo.

A pandemia impõe a maior solidão às pessoas. Minha mãe está sentindo essa solidão”, disse ele.

“À medida que sua memória de curto prazo piora, ela entra em choque(sentido figurado).

“Quando entramos em discussões sobre o passado e o país de Gales, a memória dela é totalmente nítida e ela anseia por falar galês”.

Então, ele colocou uma mensagem no Facebook para obter ajuda para sua mãe “muito legal e muito bem-humorada” na região de Nova York, no país de Gales e, em 30 minutos, ele ficou cheio de respostas.

Ele disse que foi “tocado” e “um pouco sobrecarregado”.

“Ela ficou chocada, já que não possui um computador, o mundo inteiro da internet a choca”, acrescentou.

“Eu li cada comentário para ela e ela foi muito receptiva quando as pessoas incluíram de que parte do País de Gales são”.

Compartilhe nosso post.

Mostre seu Sentimento
+1
77
+1
46
+1
86
+1
105
+1
99
+1
0
+1
0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *